Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Evangelho de Mateus 18,21-35

Missa de 17 de Setembro de 2017

Resultado de imagem para DESENHOS Perdoar 70 x 7 AMIGUINHOS DO CÉU24º DOMINGO DO TEMPO COMUM
“O SENHOR É BONDOSO, COMPASSIVO E CARINHOSO”
MÊS DA BÍBLIA

Leituras
Primeira Leitura Eclo 27,33-28,9
Salmo (Sl 102,1-2.3-4.9-10.11-12 (R. 8))
Segunda Leitura Rm 14,7-9  
Evangelho Mt 18,21-35
Liturgia Diária

Mensagem Principal 


Queridos irmãos e irmãs na fé! Como o Pai nos perdoa e nos cerca de carinho e compaixão, assim também nós somos chamados a perdoar de coração o nosso irmão. Quem já experimentou a alegria e a liberdade que brotam do perdão sabe a importância desse gesto para a vida da família e da comunidade.


Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!

A Palavra de Deus que a liturgia do 24º Domingo do Tempo Comum nos propõe fala do perdão. Apresenta-nos um Deus que ama sem cálculos, sem limites e sem medida; e convida-nos a assumir uma atitude semelhante para com os irmãos que, dia a dia, caminham ao nosso lado.
O Evangelho fala-nos de um Deus cheio de bondade e de misericórdia que derrama sobre os seus filhos – de forma total, ilimitada e absoluta – o seu perdão. Os crentes são convidados a descobrir a lógica de Deus e a deixarem que a mesma lógica de perdão e de misericórdia sem limites e sem medida marque a sua relação com os irmãos.
A primeira leitura deixa claro que a ira e o rancor são sentimentos maus, que não convêm à felicidade e à realização do homem. Mostra como é ilógico esperar o perdão de Deus e recusar-se a perdoar ao irmão; e avisa que a nossa vida nesta terra não pode ser estragada com sentimentos, que só geram infelicidade e sofrimento.
Na segunda leitura Paulo sugere aos cristãos de Roma que a comunidade cristã tem de ser o lugar do amor, do respeito pelo outro, da aceitação das diferenças, do perdão. Ninguém deve desprezar, julgar ou condenar os irmãos que têm perspectivas diferentes. Os seguidores de Jesus devem ter presente que há algo de fundamental que os une a todos: Jesus Cristo, o Senhor. Tudo o resto não tem grande importância.
Comentário à Liturgia

Ideia de roteiro para teatro

(Catequista entra)


C: Oi crianças oi PA, tudo bem com vocês?


(PA todo triste responde)


PA: Oi, tudo bem!


C: Nossa PA tem certeza que está tudo bem?


PA: Ah, na verdade não estou bem não!


C: Eu estou vendo que você não está bem, mas me conta o que aconteceu?


PA: Catequista, estou me sentindo muito mal.


C: Nossa PA onde está doendo, me fala! Vamos embora agora. Vou te levar pra sua casa.


PA: Não C, não se preocupe, não tem nada doendo, só estou me sentindo angustiado, uma sensação ruim, uma tristeza!


C: Mas por que será que você esta se sentindo assim? Aconteceu algo que não gostou hoje?


PA: Na verdade aconteceu sim C, o PB e eu brigamos hoje de manhã, mas não deve ser isso não!


C: Hum, vocês brigaram, sei! E por que vocês brigaram você quer me contar?


PA: Nós brigamos porque o PB fez uma coisa muito ruim para mim e fiquei muito chateado com ele.


C: E o que ele fez?


PA: Ele quebrou meu carrinho de controle remoto novinho, que ganhei do meu pai!


C: Mas como foi isso? O PB é sempre tão cuidadoso!


PA: É, mas com meu carrinho ele não foi cuidadoso. Assim que mostrei pra ele, já foi pegando o controle da minha mão e arrebentou meu carrinho na parede.


C: Poxa vida PA, mas não acredito que ele tenha feito isso de propósito e mais, tenho certeza que amanhã ele vai te pedir desculpas pelo que fez.


PA: Ele já pediu desculpas pra mim. Mas fiquei tão bravo que não consegui desculpar e mais C, eu ainda fique de castigo uma semana por ter deixado meu amigo quebrar meu brinquedo novo.


C: PA eu entendo sua chateação, mas olha só, seu amigo já pediu desculpas pra você! E se pediu é porque se arrependeu do que fez.


PA: Quer saber C, acho que nunca mais vou conseguir perdoar ele por isso, ainda to com muita raiva.


(Entra PB)


PB: Oi todo mundo!


C: Oi PB.


(PA vira de costa e não responde)


PB: Nossa PA você ainda está chateado comigo?


PA: Claro que sim neh! Por sua culpa estou uma semana de castigo tá!


PB: Ah PA eu já te pedi desculpas por ter quebrado seu carrinho, não fiz por querer, foi um acidente.


PA: Não quero saber!


PB: Poxa vida PA, me perdoa vai?


PA: Não!


C: Crianças, crianças me escutem! Preciso fazer uma pergunta pra vocês.


PA: Que pergunta C?


C: Preciso saber se vocês já participaram da missa hoje?


PA: Ainda não! Vou participar com meus pais da missa da noite!


PB: Eu também!


C: Eu percebi mesmo que não participaram da missa ainda hoje.


PA: Mas por que esta perguntando isso C, o que tem a ver a missa com o que aconteceu?


C: Crianças, na missa de hoje o evangelho fala justamente sobre o perdão!


PB: Sobre o perdão?


C: Sim, sobre o perdão! E tenho certeza que se vocês já tivessem participado da missa nada disso teria acontecido.


PB: Mas como assim, nada teria acontecido?


PA: Eu sei! Com certeza o evangelho de hoje deve ser de algo sobre tomar cuidado com amigos estabanados.


PB: Tomar cuidado com amigo estabanado? Nada a ver isso que você esta falando tá... porque eu nem sou estabanado. (Nesse momento PB enquanto fala dá um tropeção e quase caí).


PA: Viu só, já ia fazer a maior bagunça aqui.


C: Crianças, não é nada disso!


PA: Não?


PB: Viu, eu disse que não!


C: Crianças, o evangelho de hoje nós fala do perdão, é mais um lindo ensinamento de Jesus para nós! Jesus nos ensina que devemos perdoar setenta vezes sete.


PA: Perdoar setenta vezes sete, como assim?


C: Isso significa que devemos perdoar infinitas vezes, perdoar sempre, mesmo que as circunstâncias pareçam impossíveis, mesmo que seja sempre a mesma pessoa a te magoar.


PA: Nossa mais isso é muito difícil, perdoar sempre a mesma pessoa ou uma pessoa que seja muito ruim.


C: Realmente não é fácil PA, mas Jesus perdoou a todos os que o machucaram na crucificação, e o que ele disse antes de morrer? "Pai perdoa-lhes, eles não sabem o que fazem. Jesus já tinha perdoado a todos.


PB: É, e Jesus sofrendo do jeito que sofreu, perdoou todo mundo!


C: Isso mesmo, nosso Deus é assim ele nos perdoa quantas vezes for necessário, desde nos arrependemos de coração, ninguém tem o direito de não perdoar, todo cristão precisa ter a humildade de pedir perdão quanto comete um erro e todo cristão tem que ter a decisão de perdoar sempre que for necessário, mesmo não sendo fácil.


PA: Mas C, como podemos fazer isso? Pedir perdão e perdoar é tão difícil!


C: Jesus é nosso maior exemplo, devemos sempre ter no nosso coração que se Jesus perdoou, por que nos não vamos perdoar? Ninguém tem esse direito de não perdoar!


PA: Nossa C, e eu aqui sem querer perdoar meu amigo por conta de um carrinho, estou ate com vergonha!


C: Pois é PA, muitas pessoas sentem dificuldades em perdoar e também pedir perdão, mas sabe por que sentem tanta dificuldade?


PB: Porque são pessoas com coração muito duro?


C: Na verdade, é porque primeiramente devemos sentir em nós a ação do amor de Deus.


PA: Ação do amor de Deus? Como assim?


C: Na bíblia diz que “Deus é amor”! Ele é a fonte de todo amor verdadeiro. Ele “tanto amou o mundo que deu o seu Filho” em sacrifício. Jesus deixou o Céu para morrer por nós. Nunca haverá uma demonstração de amor maior do que esta. Este amor divino deve ser a base do amor que devemos ter para conosco e o nosso próximo.


PA: Então quer dizer que primeiro temos que nos sentir amados por Deus?


PB: Ah mais ai é fácil, eu já me sinto muito amado por Deus.


C: Devemos nos sentir amados e perdoados por Deus, somente quem sabe e sente o amor de Deus consegui entender o que é perdoar.


PA: Mas como eu sei que Deus me perdoou, por alguma coisa errada que eu tenha feito?


C: Volto a dizer Jesus morreu na cruz por todos nós e assim Deus nos perdoou ele sempre nos perdoará desde que nos arrependemos de coração, então, quando nos arrependemos e pedimos perdão, sentimos uma paz muito grande no nosso coração e assim percebemos o perdão de Deus.


PB: Viu PA e mesmo assim você não quer me perdoar?


C: PA lembra que você estava se sentindo mal, se sentindo angustiado?


PA: Sim!


C: Você estava assim porque estava com raiva do seu amigo e não conseguia perdoá-lo. Infelizmente, existem muitas pessoas que se recusaram a perdoar e acabam ficando sem paz no coração e doentes, você sabia que a falta do perdão pode causar doenças terríveis em nós?


PA: Nossa, sério?


C: Sim! Muitas doenças estão relacionadas com a falta de perdão, isso significa que a falta de perdão nos faz muito mal. E outra coisa, nós devemos ter um coração humilde para reconhecer quando erramos e souber pedir perdão, isso também é muito importante.


PB: Assim como eu, que pedi perdão para o PA por ter quebrado o carrinho dele.


C: Isso mesmo PB, quando reconhecemos o nosso pecado e pedimos perdão, estamos agindo conforme o amor de Deus para conosco, porque reconhecemos nosso erro, pedimos perdão e assim não ficamos parados no pecado, pois o perdão que recebemos trás muita paz ao nosso coração.


PA: Então, se reconhecemos nosso pecado, estamos prontos para pedir perdão!


C: Isso mesmo!


PA: PB, você me perdoa, por não ter te perdoado?


PB: Claro que sim PA, você é meu amigão! Mas espera ai. E você me já perdoou por ter quebrado seu carrinho?


PA: É claro que sim PB, você é meu amigão!

(e se abraçam)


C: Crianças vou fazer uma pergunta. Vocês se lembram que na oração do Pai Nosso pedimos a Deus perdão por nossos pecados?


PB: Sim, é aquela parte que fala. ´”´Perdoai-nos dos nossos pecados, assim como nós perdoamos a quem nós tem ofendido”.


C: Essa mesmo PB, ou seja, que precisamos perdoar para sermos perdoados.

Deus é infinitamente misericordioso com todos nós e sempre nos perdoa quando reconhecemos nosso pecado. Então todas as vezes que tivemos alguma dificuldade para pedir perdão ou perdoar, podemos rezar o Pai Nosso, para que assim possamos lembrar que Deus sempre nos perdoa, mas que também devemos e precisamos perdoar a quem me magoou.


Sugestão de Música





Ideia para trabalhar esse Evangelho

Vamos fazer uma dinâmica que ajudará nossos pequeninos a atender porque devemos perdoar. 

Materiais
Caixinhas em formato de coração, de papel ou acrílico ( uma caixinha para cada criança )


 Resultado de imagem para caixinhas de coração

Pedras em tamanhos médios em boa quantidade ( irá simbolizar os pecados )

Resultado de imagem para pedras paras construção


Forme um grande círculo com as crianças, todos devem ficar de pé.
Depois entregue para cada criança uma caixinha de coração
Após Catequista entregar cada caixinha, comece a explicar para as crianças que aquela caixinha simboliza o coração de cada um.
A catequista no meio do círculo, mostra para as crianças o balde transparente cheios de pedras e explica que as pedras representam tudo o que pode causar rancor, raiva e vingança no nosso coração.
Depois de explicar, peça para crianças segurarem bem com as duas mãos a caixinha, ou seja, seu coração e então comece a colocar algumas pedras na caixinha da primeira criança e vai falando; 
Isso que estou colocando no seu coração é um pouco de...
... raiva, por teve um dia que você ficou com muita raiva por seu amigo ter brigado com você.
... rancor, porque seu coleguinha um não quis brincar com você
... vontade de se vingar, porque um dia seu colega bateu em você

E vai inventando mais coisas e se precisar pode repetindo, pois a ideia é encher de pedras as caixinhas de cada criança. (por isso que o ideal é que as caixinhas não sejam grandes, pois ficara pesado)

Após encher, peça para crianças efetuarem alguma coisa, como por exemplo, pintar, brincar etc..
Porém sem tirar a caixinha cheia de pedra das mãos, eles terão que fazer tudo o que quiserem fazer mais sem soltar a caixinha, porém podem segura-la somente com uma mão.
Então explique que essa caixinha é o seu coração e sem coração ninguém vive, muito menos brinca, por isso não podem soltar a caixinha.

Eles encontrarão dificuldades para brincar segurando a caixa, mesmo que consigam mais se sentirão desconfortados.

Depois de um tempinho, peça para voltarem para o círculo com as caixinhas e pergunte a eles como se sentiram brincando desse jeito, com as mãos ocupadas?

Após algumas respostas, comece a explicar que é dessa forma que nosso coração se sente quando estamos com ele cheio de rancor, raivas e vontades de se vingar por algum mal que nos fizeram.

Porém existe uma forma muito simples de deixar seu coração livre de tudo isso.
Perdoando...
E explicar, que o perdão é uma decisão nossa, é uma missão de todos nós cristãos estender  o perdão a todo aquele que nos ofender.
Deus perdoou a todos nós e sempre nos perdoar quando nos arrependemos de todo coração, então o perdão de Deus deve gerar em nosso coração o desejo de perdoar sempre, assim como ele fez e continua fazendo com todos nós.
Perdoar significa deixar de considerar o outro com desprezo ou ressentimento. É ter compaixão, deixando de lado toda a ideia de vingar-se daquilo que foi feito ou pelas consequências que sofremos.

Nesse momento pode começar a ir tirando as pedras das caixinhas e continuar falando... 
Crianças percebam agora que estou tirando as pedras, como a caixinha esta ficando leve, pois é assim que nosso coração fica quando decidimos perdoar aquele que nos magoou, nosso coração vai ficando leve limpinho e bem puro.
Perdoar é um dos atos básicos da fé cristã, pois, a nossa entrada na vida que Jesus nos ofereceu, só foi possível porque recebemos perdão de nosso Deus e Pai. Ele nos perdoou, através  da obra de seu Filho feita na cruz, em nosso favor. Amor e perdão sempre caminham juntos.


 “Deus é amor”, é a mais linda definição que a Bíblia apresenta. E a maior prova do seu amor por todos nós foi perdoar todos os nossos pecados. Porque ele nos ama ele nos perdoou e sempre perdoará.


Então sabendo de tudo isso, nós temos o direito de não perdoar?
Claro que Não!
Nós sabemos que perdoar muitas vezes não é fácil, mas se tivermos o amor de Deus em nosso coração, com certeza será muito mais fácil de entender que precisamos e devemos perdoar.

Oração

Senhor meu Deus, Pai de amor e bondade, que em Sua infinita misericórdia acolhe todos os que se aproximam de Vós com o coração arrependido, acolhei meu pedido de perdão por tantas faltas cometidas contra Ti e meus irmãos.
Senhor Jesus, conduzi-me nos caminhos do perdão e fortalecei minha alma para que eu tenha a humildade de pedir perdão e a misericórdia de saber perdoar.


Amém!



Nenhum comentário:

Postar um comentário