Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

domingo, 10 de dezembro de 2017

Evangelho de Lucas 1,26-38

Missa de 24  de dezembro de 2017

               4º DOMINGO DO ADVENTO

Leituras
Primeira Leitura 2Sm 7,1-5.8b-12.14a.16
Salmo 88/89
Segunda Leitura Rm 16,25-27
Evangelho Lc 1,26-38

Mensagem Principal
Irmãos e irmãs, mais algumas horas e estaremos reunidos para celebrar a solene Vigília do Natal do Senhor. Por esta Eucaristia, unidos aos sentimentos e expectativas da Virgem Maria, aguardaremos com alegria o anúncio da chegada do Filho do Altíssimo. Como nos sugere o hino, supliquemos ainda mais uma vez : “Oh! Vinde enfim, eterno Deus, descei dos altos céus. Deixai a vossa habitação, que a terra espera a salvação. Que o céu orvalhe o Redentor, baixai das nuvens, ó Senhor! Germine a terra o nosso Deus, pra que nos abra os altos céus!” Fonte: Folheto Povo de Deus

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!

MARANATHÁ! VEM, SENHOR JESUS! Que poderosa intervenção de Deus na história! “Eis que a Virgem conceberá e dará à luz um filho”... Mergulhemos também nós neste mistério: Deus poderá realizar este milagre. Maria é o tabernáculo do grande milagre: preservada de todo pecado. É a jovem que se abandona para receber a plenitude do Espírito Santo. Como é agradável olhar Maria e ver – tão pura e tão perfeita - uma representante da nossa frágil humanidade! Ela é o que todos deveríamos ser. Não tivesse o pecado nos oprimido tanto e nos desfigurado. Roguemos a Maria, pedindo para que sempre interceda por nós, pois o pecado ainda nos aniquila e afasta do convívio com o Pai. Amparai-nos, querida Mãe, vós que sois o exemplar mais perfeito de pessoa humana! O “Sim” de Maria possibilitou – de maneira extraordinária – que “o extraordinário” irrompesse na história! Maria, mulher plena de muita fé, não questiona a vontade de Deus para sua vida. Pela obediência do seu “eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra” é que o céu veio até nós. A jovem de Nazaré recebeu o dom da divina maternidade e gerou o Messias, que veio para libertar a humanidade que vivia nas trevas. Obrigado, Maria, pelo “Sim” generoso, corajoso, proferido na fé! Ensinai-nos a ter a firmeza que te moveu para essa resposta definitiva! É doce e belo esse teu “Sim”! Entendemos nele a tua fé. A fé é um dom – bem o sabemos. No entanto, exige aceitação. Querer crer já é crer: ensinai-nos, então, os teus caminhos de fé! Nestes tempos duros que vivemos, há “cristãos de estatística”: os que - sem noção do ridículo - admitem que são “católicos não-praticantes”. Sabemos que Deus “não despreza a mecha que ainda fumega” (Is 42,3b) e que a fé pode ser desperta também nos corações de pedra. Os indiferentes ao “Sim” de Maria e ao nascimento do Menino Deus ainda não foram alcançados pela graça. Isto deve nos questionar, desafiar. Mostremos nós, o salvador. Ofere- çamos a salvação. Para Deus, nenhum caso é perdido. A vida nova pode nascer agora. Maranathá! Vem, Senhor Jesus! Um feliz e aben- çoado Natal do Senhor a todos! Pe. Jorge “Rocha” Pierozan Vigário Episcopal da Região Lapa na Arquidiocese de São Paulo.
Fonte: Folheto Povo de Deus

Ideia de roteiro para teatro

PA entra tentando se esconder!

PB: Oi PA!

PA: xiiuuuu! Fala baixo!

PB: Porque? Você está se escondendo de quem?

PA: Do anjo que assusta!

PB: Anjo que assusta?

PA: Isso! Você não viu? Ele entrou no quarto de Maria assustou ela e depois disse que ela não precisava ter medo! Como não ter medo?

PB: Ai PA! Você não entendeu nada! O Anjo não assustou Maria! Ele trouxe à ela uma notícia maravilhosa! Ele disse que ela seria a mãe do filho de Deus!

PA: E isso não é um susto? Imagina a responsabilidade! Imagina tudo que ela teria que fazer!
PB: Teria que fazer não! Ela fez! Ela disse sim ao projeto de Deus!

Catequista: Olá crianças! Ouvi vocês falando que Maria deu seu sim a Deus?

PA: Sim catequista! Falei pro PB que estou com medo do anjo me achar e me assustar como ele assustou Maria.

PB: E eu disse que não foi um susto, foi a melhor notícia!

Catequista: Isso mesmo! E essa grande notícia mudou nossas vidas, pois trouxe Jesus ao mundo! E essa é a notícia que recebemos constantemente. Em especial neste tempo do advento. Jesus nasce nos corações das pessoas que sabem dizer sim a Deus.

PA: Mas imagina do nada aparecer alguém no seu quarto com uma notícia dessas. Eu acho que sairia correndo! Maria poderia dizer que não queria catequista?

Catequista: Claro que poderia! Mas ela queria servir à Deus. Ela aceitou fazer a vontade de Deus e disse sim.

PA: Sabe catequista, tem mais uma coisa. Acho que esse anjo, além de gostar de dar susto, era fofoqueiro também. Porque ele precisava contar que Isabel estava grávida?!

Catequista: (sorri) Não é fofoca! Foi um argumento para mostrar o poder de Deus. Mesmo Isabel não podendo ter filhos, Deus concedeu essa graça.

PA: Nossa então pensando bem, a visita do anjo foi uma coisa boa!

PB: Sim! Maria fez uma boa escolha!

Catequista: isso mesmo crianças! Maria nos ensina à dizer sim à Deus com fé e humildade para reconhecer o poder de Deus.

PA: Então não vou mais me esconder, agora eu também quero a visita do anjo.

Catequista: Muito bem! Cada vez que damos nosso sim a Deus, estamos acolhendo a mensagem do Anjo.

PB: E eu quero dizer sim à Deus e fazer a vontade Dele.

Catequista: Sim crianças, podemos dizer nosso sim à  Deus de várias maneiras. Quando fazemos silêncio para ouvir a Deus e as pessoas. Quando confiamos em Deus. Quando acolhemos as pessoas, a exemplo de Maria e Isabel que acolheu o anjo.


Vamos orar para que nosso coração seja manso,  humilde e obediente como o coração de Maria e que nossa vida seja um sim à Deus.

Sugestão de Música




Ideia para trabalhar esse Evangelho

Dinâmica: Você já recebeu alguma boa notícia? Feche os olhos e se lembre de como se sentiu! Vamos pensar em alguma boa notícia, escrever ou desenhar em um cartão e deixar em uma caixa bem bonita. Cada criança deverá pegar um cartão e compartilhar com o grupo a boa nova.

Oração

Deus paizinho, que a exemplo de Maria nosso coração seja obedientes à vontade de Deus. Que possamos espalhar a alegria do nascimento de Jesus. Que nosso coração seja o presépio para o menino Jesus habitar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário