Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Evangelho de Mateus 5, 17-37

Missa de 12 de Fevereiro de 2017

www.amiguinhosdedeus.com
                  6º DOMINGO DO TEMPO COMUM                                  FELIZES OS QUE SEGUEM A LEI DO SENHOR 


Leituras
Primeira Leitura Eclo 15,16-21
Salmo 118 / 119
Segunda Leitura 1Cor 2,6-10
Evangelho Mt 5,17-37

Mensagem Principal

Deus, nosso Criador, em sua infinita sabedoria, nos concede liberdade para realizarmos as escolhas de nossa caminhada de vida. Cada opção tem a sua consequência, mas o Pai nos concede a graça de discernir entre o bem e o mal, por meio de nossa consciência. Os mandamentos da lei de Deus constituem verdadeira luz que ilumina as nossas escolhas para que possamos sempre trilhar o caminho da verdadeira felicidade. Com alegria e de coração aberto.
(Fonte: folheto Nova Aliança)


Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!

MANDAMENTOS - CAMINHO PARA A FELICIDADE 
No Evangelho deste domingo, Jesus faz referência aos mandamentos da lei de Deus, recordando que não veio para abolir a Lei nem o que foi ensinado pelos profetas, mas sim para levar esses ensinamentos à perfeição. E isso ocorre por meio da vivência do amor: amor a Deus e amor aos irmãos. Muitas vezes, associamos a palavra “mandamento” a algo negativo, que fere a nossa liberdade, que nos impõe um pesado fardo, trazendo tristeza e opressão. Mas os mandamentos da lei de Deus são totalmente diferentes, pois sua prática constitui caminho para alcançarmos a verdadeira felicidade. Não podemos nos esquecer de que Deus é o nosso Pai e Criador e deseja sempre o bem de seus filhos. Seus mandamentos foram transmitidos para que pudéssemos trilhar o caminho da santidade, caminho que conduz à verdadeira felicidade. Além disso, Deus sempre respeita a liberdade de seus filhos : somos verdadeiramente livres para realizarmos as nossas escolhas – “Diante do homem estão a vida e a morte, o bem e o mal; ele receberá aquilo que preferir” (Eclo 15, 18). Que o Espírito Santo ilumine as nossas mentes e corações para escolhermos sempre o caminho do bem, vivendo com alegria o amor a Deus e aos irmãos.
Fábio Vieira – Paróquia Santa Cecília
Fonte:http://www.diocese-sjc.org.br/wp-content/uploads/2017/01/Nova-Alianca-12-de-Fevereiro-2017.pdf 

Ideia de roteiro para teatro

Personagem A: Entra todo triste, chorando e muito preocupado.

Personagem B: Oi todo mundo! Olá meu amigo,  por que está chorando? Fiz alguma coisa pra você?

Personagem A: Você sabe o significado da palavra bobo?

Personagem B: Sei! Claro que sim... É uma pessoa que não é esperta ou melhor que não percebe as coisas, ou seja um tolo!

(Personagem A chora mais ainda e fique muito nervoso).

Personagem B: Mas por que você está chorando tanto desse jeito?

Personagem A: Porque fui jogar futebol com meus amigos na escola. Aí no meio do jogo eu chutei um dos meninos do time adversário e ainda chamei de bobo na frente do juiz. Então ele me deu um bronca, um cartão vermelho e tive que sair do jogo.

Personagem B: Mas por que você ainda está chorando? Já passou?

Personagem A: Passou o que personagem B? Você não escutou o Evangelho de hoje? Está lá bem claro: " Quem chamar o irmão de tolo" será condenado ao fogo do inferno. E tem mais: "Procura reconciliar-te com o teu adversário" caso contrário serás jogado na prisão.

Personagem B: Nossa, mas você já não foi expulso com o cartão vermelho e teve que sair do jogo, então você já pagou pela falta que você cometeu, não fica assim.

Personagem A: Claro que não, o Evangelho está bem claro, eu nem tive tempo para me conciliar com o menino, eu já sou um condenado!

Personagem B: Não fique assim eu vou te ajudar eu prometo!

(Catequista entra)

Catequista: Oi crianças! Por que vocês estão desesperadas desse jeito?

Personagem A: Eu já estou condenado ao fogo do inferno! Chora sem parar...

Personagem B: Pede calma para o personagem B.

Catequista: Posso saber o que aconteceu?

Personagem B: Catequista, o personagem A está desesperado, porque ele cometeu uma falta no jogo de futebol e ainda chamou de bobo o menino que ele machucou. Então ele escutou no Evangelho de hoje que ele vai ser jogado na prisão e condenado ao fogo do inferno.

Personagem A: Me ajuda Catequista! Eu não quero ir preso e nem parar no inferno!

Catequista: Calma crianças! Ninguém aqui vai preso e muito menos condenado ao fogo do inferno.

Personagem B: Eu te falei personagem A.

Catequista: No Evangelho de hoje Jesus vem nos falar dos mandamentos da lei de Deus, recordando que não veio para acabar com a Lei e nem o que foi ensinado pelos profetas. Ele quis mostrar como viver esses ensinamentos com perfeição, ou seja Jesus é o nosso modelo de vida. O que Jesus quer mostrar que tudo isso ocorre por meio da vivência do amor, principalmente com os irmãos.

Personagem A: Então eu posso ficar mais calmo Catequista?

Catequista: Claro que sim personagem A. Nas leis dos homens você já pagou pela sua falta sendo expulso do jogo por ter machucado o teu amigo e xingado no jogo. Mas nas leis de Deus você tem que pedir desculpas para o teu amigo e realmente se arrepender por tudo o que você fez.

Personagem A: Claro que me arrependo Catequista. Isso não vai mais acontecer. Eu vou até correr na casa do menino que machuquei e pedir desculpas para ele.

Personagem B: Eu falei pra você personagem A que daria certo. Com o amor de Deus conseguimos resolver tudo.

Catequista: Olha, Jesus quer nos ensinar uma coisa muito importante que precisa ficar na nossa cabeça e no nosso coração: para cada ação existe uma reação, ou seja para cada escolha que fazemos algo de bom o ruim nos acontecem. Deus nos concede a graça de escolher entre o bem e o mal pelas nossa atitudes. Por isso precisamos obedecer os mandamentos da lei de Deus, pois são luzes que iluminam as nossas escolhas. Assim possamos sempre permanecer no amor e na felicidade verdadeira do Pai.

Personagem B: Vamos personagem A eu te acompanho na casa do seu amigo.

Catequista: Parabéns crianças vocês entenderam o real significado desse Evangelho. Agora precisam seguir a vontade de Deus nas suas vidas, sempre buscando o amor, o respeito, a obediência, o carinho, a compreensão, a oração, a fé e a alegria que Deus tem por nós. Vamos pedir que o Espirito Santo nos conduza, mostrando-nos o caminho para que as nossas escolhas sejam sempre em obediência aos mandamentos do Senhor. Amém !

Sugestão de Música





Ideia para trabalhar esse Evangelho

A ideia é formar um livrinho sobre os Dez Mandamentos da Lei de Deus, as crianças poderão colorir e refletir sobre os mandamentos. 































Fonte:http://catequesecomcriancas.blogspot.com.br/2012/07/os-dez-mandamentos-de-deus-para-colorir.html

Oração


Que o Espirito Santo nos ilumine, mostrando o caminho para seguir conforme os mandamentos da lei de Deus, conduzindo na alegria de estar na direção do bem e do amor do Senhor.
Amém !!

Nenhum comentário:

Postar um comentário