Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Evangelho de Lucas 12,49-53

Missa de 14 de agosto de 2016



20º DOMINGO DO TEMPO COMUM 

VOCAÇÃO PARA A VIDA EM FAMÍLIA 
 DIA DOS PAIS 
INÍCIO DA SEMANA NACIONAL DA FAMÍLIA
                                               
Leituras
Primeira Leitura Jr 38,4-6.8-10
Salmo 39/40
Segunda Leitura  Hb 12,1-4
Evangelho Lc 12,49-53

Mensagem Principal
Esta segunda semana do mês vocacional é dedicada à família. Família é um dos tesouros mais importantes, um patrimônio da humanidade. É um bem para o casal, para os filhos, para a Igreja e para a sociedade. É lugar de realização humana, geração da vida, formadora de valores e a igreja doméstica. Que nossas famílias sejam o ambiente do cultivo do amor, do diálogo, da acolhida, do perdão, da fidelidade e da paz. De maneira especial a todos os pais que, de forma incansável, lutam contra todos os reveses que a vida apresenta, para que levem adiante com coragem e determinação a proteção de sua família. (Fonte: folheto Nova Aliança)

Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!


Vocês conhecem esta historinha do amado Padre Léo? Vamos usar esta ideia para o nosso teatrinho: Jesus está escondido na sua família!

Assista com toda a atenção e inspire-se.



Ideia de roteiro para teatro

Personagem A: Eu estou aqui com todas as minhas ideias para o dia dos pais, meus papéis de desenhar, a tesoura, tudo... mas não sei o que eu faço!

Personagem B: Ah vc está sem ideia? eu posso te ajudar... sou muito bom com isso tenho muitos dotes artísticos...

Personagem A: Não é isso, eu já escolhi o que vou fazer para o meu pai... vou fazer uma pipa para a gente soltar junto... ele que me ensinou a fazer... ai vou escrever eu tenho um super pai...

Personagem B: Nossa que ótima ideia, ele vai adorar e vocês vão se divertir muito... você podia me ensinar a fazer uma também, eu não sei fazer pipas!

Personagem A: Claro, eu ensino... tem bastante material aqui... mas não vou conseguir agora... estou muito preocupado... nem sei se devo fazer isso!

Personagem B: Preocupado? Como assim?

Personagem A: Eu briguei com o meu pai hoje de manhã... ele até me colocou de castigo... mas eu fugi...

Personagem B: Fugiu?

Personagem A: É fugi pela janela com as coisas... pensei comigo, se eu chegar com o presente acho que ele me perdoa né...

Personagem B: Claro que não!  vai ficar mais bravo ainda!

Personagem A começa a chorar desesperadamente

Personagem B: Acalme-se... bem que eu ouvi mesmo no evangelho que ia ter briga na família, pai contra filho e filho contra pai...

Personagem A: Jura que você ouviu isso? eu ainda não fui...

Personagem B: Sim, ouvi...o evangelho estava falando das brigas da família...

Personagem A: Nossa parece que foi lá em casa mesmo... foi bem assim, meu pai me mandou fazer a tarefa, disse que eu tava enrolando a minha mãe a semana toda e que iria sentar e me ajudar e tinha que ser agora... beem na hora do meu desenho favorito... não dá né... ai gritei com ele... que não queria a ajuda dele e que ia fazer a hora que eu quisesse!

Personagem B: Nossa, seu pai tem razão de estar bravo... você foi muito mal-criado!

Personagem A: Fui né... ele tá muito bravão, na hora me levou para o meu quarto e me deixou lá de castigo!

Personagem B: E você ainda fugiu... vai piorar as coisas...

Personagem A: Você precisa me ajudar, amigo... como eu vou ficar brigado com o meu pai bem no dia dos pais... meus irmãos todos já fizeram o presente dele que eu vi... e eu aqui... não consigo...

Personagem B: Não consegue porque está com o coração pesado!

Personagem A: Pesado?

Personagem B: É pesado... com toda a birra que fez seu coração ficou pesado cheio de raiva e muita birra... e até fez você ter mais uma ideia má... fugir!

Personagem A: Ai é verdade... e agora?

Catequista chega... estava ouvindo a conversa dos meninos...

Catequista: Personagem A, vi seus pais como loucos te procurando pelo bairro... você fugiu de casa?

Personagem B: Fugiu, tia... fez a maior birra com o Pai... igualzinho o Padre falou pra gente hoje das brigas da família, quando leu o evangelho...

Personagem A: Ai tia, estou desesperado! o que eu fui fazer... sou um filho muito malvado!

Catequista: Acalme-se querido! Vamos, vou contar uma historinha...
Um certo menino, que havia acabado de brigar em casa...

Personagem B: Vixe, acho que era é a sua historia, amigo!

Catequista: Não, não é este é um menino que morava lá em outra cidade... outro estado...

Personagem A: Ufa...pensei que já tava todo mundo sabendo... Conte, tia...

Catequista: Então, ele foi até o padre e disse: Padre, acabei de brigar lá em casa, hoje briguei com meu pai, mas cada dia é um... ontem foi meu irmão... ela pega os meus brinquedos e quebra...
Ah mais não sou só eu que brigo não... minha mãe não pára de brigar com o meu pai e o papai com a vovó... ele diz que ela é uma velha chata!

Então, o padre... contou um segredo ao menino...

Personagem B: Oba, segredo!

Catequista: Ele disse: Vocês tem um hospede especial lá na sua casa...

Personagem A e B: Hospede especial?

Catequista: Ele insistiu... sim, hospede especial e completou... é Jesus!
O menino disse que ele estava errado... que de jeito nenhum Jesus tava lá... imagina no meio daquele brigarada... Mas o padre insistiu... ele está, e está disfarçado...

Personagem A: Olha só... disfarçado...

Catequista: Pois é... ele muito intrigado, voltou para casa e começou a procurar...observava bem cada um... e pensava, quem poderia ser Jesus... Não encontrou... intrigado, resolveu reunir a família e contar a todos...

Jesus está morando aqui... na nossa casa e está disfarçado... o Padre garantiu que é verdade...

Todos ficaram surpresos e também intrigados... quem seria Jesus? com que  disfarce ele estaria? de mãe? de pai? da vovó?

Personagem B: Nossa... que difícil e ai, tia?

Catequista: E ai, que todos começaram a querer descobrir também... e nestas investigações do dia a dia, pensavam... será que Jesus está disfarçado na minha irmã? ai não posso brigar com ela... iiih, será que é a minha sogra? melhor ser gentil...

E foi assim... que a família parou com a brigarada...

Personagem A e B: E afinal quem era Jesus disfarçado?

Catequista: Todos, queridos... Jesus não mora no nosso coração?

Personagem A e B: Sim, mora...

Catequista: Então, quando começaram a realmente ver Jesus em cada um, se amaram mais, tiveram mais paciência e conversaram com mais amor...

Personagem A: Que bonita a historia! E eu continuo lascado...ai, ai...

Catequista: Personagem A, vá para casa... conte ao seus pais esta historinha, diga o que aprendeu... com certeza vão te perdoar!

Personagem A: Ai tia, será?

Catequista: Sim, com certeza...a família é a fonte de amor criada por Deus... ali sempre há amor... mesmo nas situações mais difíceis...Mas temos que ser humildes fazer a nossa parte e não esquecer que a nossa família é um presente de Deus para nós... cada um com o seu jeitinho... vamos fazer um ao outro pessoas melhores... mais de Deus!

Personagem B: Isso amigo, vai lá... mais tarde eu passo lá para aprender a fazer a pipa... não podemos esquecer do presente do nosso herói...

Personagem A: Vou correndo lá... eu vou fazer tudo como a senhora disse... tenho certeza que o amor vai vencer... e vou fazer a minha parte para nunca mais esquecer que Jesus vive na minha família...

Feliz dia dos pais para o seu papai, catequista!
Feliz dia dos pais para todos os papais...
Personagem B, mais a tardinha te espero lá em casa...

Sugestão de Música

Esta musiquinha além de linda é uma oração poderosa, vamos ensinar aos pequenos?






Ideia para trabalhar esse Evangelho

Vamos trabalhar o tema família de um jeito especial. Vamos usar a historinha do Padre Léo?

Ai temos o corpo de Jesus, vamos desenhar a cabeça de cada um dos nossos familiares?

E a direita do desenho vamos escrever ou desenhar o que esta pessoa tem de parecido com Jesus e do lado esquerdo o que tem de diferente e precisa mudar se espelhando em Jesus!

Vamos lá?


Oração

Podemos repetir a musiquinha que jé ensinamos é uma bela oração.



2 comentários:

  1. Parabéns!!! Muito bom o blog de vocês.
    Sou catequista da comunidade São Paulo Apóstolo, da Paróquia Sagrado Coração de Jesus (Itaquari, Cariacica-ES) e sempre visito o blog para auxiliar na preparação dos encontros.
    Abraço em Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho Cristiane!
      Mensagens assim fortalecem muito a nossa missão!!
      Que Deus continue te abençoando!!
      Um abraço fraterno,
      Turminha do Cantinho dos Anjos

      Excluir