Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

sábado, 21 de maio de 2016

Evangelho de Lucas 7,1-10

Missa de 29 de Maio de 2016



9º DOMINGO DO TEMPO COMUM 

“A UNIVERSALIDADE DO REINO DE DEUS OPERADA PELA FÉ E CONFIANÇA EM JESUS.”
                                               
Leituras
Primeira Leitura 1Rs 8,41-43
Salmo 116/117
Segunda Leitura  Gl 1,1-2.6-10
Evangelho Lc 7,1-10

Mensagem Principal

Irmãos e irmãs, a leitura do evangelho de hoje nos convida a uma experiência em nossa fé. Diante de tantas ofertas e seduções enganadoras que o mundo nos apresenta, Jesus oferece a todos, sem distinção, o seu amor incondicional, que cura e liberta. Alimentemos nossa fé com confiança plena em Deu. (Fonte: folheto Nova Aliança)


Ideia de roteiro para teatro

Personagem A: Vovô eu posso fazer uma pergunta?

Vovô: Claro, filho... pode dizer!

Personagem A: Vovô o Sr. é um ancião né? e me diz uma coisa, o Sr conhece algum soldado romano?

Vovô: (aos risos o vovô responde)... sim, acho que sou um ancião... um velho, você quis dizer...não?

Personagem A: De jeito nenhum, vovô não acho o Sr. velho, quis dizer que o Sr é muito sabido, muito experiente... nada de velho, imagina!

Vovô: Entendi... é eu com a vida aprendi algumas coisas sim, filho... acho que posso te ajudar...

Personagem A: Ah que ótimo... vovô mas o Sr não respondeu minha segunda pergunta...

Vovô: É verdade... você perguntou se conheço algum oficial romano ou quis dizer centurião...

Personagem A: Não, esse ai eu não disse não... centuri o que?

Vovô: Centurião eram os comandantes do exercito romano!

Personagem A: Nossaaa! Que máximo então o Sr conheceu o chefe dos soldados, muito mais legal que eu pensava, vovô!

Vovô: Não, mocinho não conheci nenhum centurião, nem oficial do exercito romano... este conhecimento é das minhas leituras...

Personagem A: Ah sim claro, viu na internet né, vovô?

Vovô: Não... nos livros mesmo e no livro dos livros, a bíblia...

Personagem A: Verdade, esqueci que o Sr prefere os livros eu também gosto... mas gosto mais da internet... lá tem muitas fotos legais, acho que vou procurar lá uma foto do Centurião...

Vovô: E me diga, porque você quer tanto saber do Centurião... trabalho da escola ou na Catequese...

Personagem A: Não é trabalho não, vovô... é que hoje cedo fui a missa com a mamãe e o papai, o Sr já foi hoje?

Vovô: Não, vou à noitinha com a sua vó...de manhã fomos a feira, comprar o pastel que você gosta...

Personagem A: huuum, é mesmo... tava uma delícia..Então, ai o Sr vai ver que o padre vai contar no Evangelho que Jesus curou o empregado do Centurião... ele tava doente, sabe....

Vovô: Ah sim, me lembro desta historia...

Personagem A: É mesmo, o Sr lê tanto... parece até o padre...rs...

Vovô: O Centurião era um homem bom e muito humilde... foram os soldados deles e os anciãos que foram lá falar com Jesus, pedir pelo empregado dele...

Personagem A: Isso mesmo... os anciãos velhinhos foram... e os soldados...
Ai eu pensei claro que o empregado ia ficar curado né...pense comigo vô:
Quem foi pedir para Jesus?
Os velhinhos - que são todos gente boa que bem o Sr
Os soldados fortões e que defendiam os mais fraquinhos
E ainda falaram bem do chefe, que ele tinha até feito um templo de oração...

Jesus não ia negar né?

Vovô: (aos risos) É eram bons intercessores!

Personagem A: Intercessores?

Vovô:  Sim, pessoas que pedem por algo ou alguém são intercessores... Mas você reparou que o Centurião não foi com eles? E logo quando chegou e viu a cena, pediu perdão pelo incomodo e disse que Jesus não precisava se incomodar?

Personagem A: Ai acho que não prestei atenção nesta parte!

Vovô: Pois é... O Centurião não se achava merecedor de uma ajuda tão grande de Jesus, mesmo amando muito seu servo...

Personagem A: Imagina... ele sim era merecedor... só fez coisas boas, era um chefe legal, era todo poderoso, todo mundo obedecia ele...

Vovô: Querido, Jesus deu a cura ao empregado não pelas obras do Centurião, mas pelo belo coração que ele tinha, belo e muito humilde!
Esta é uma grande lição... ele poderia ser todo metido, todo cheio de si... mas não era...
Tinha um coração humilde e amava o seu próximo...

Personagem A:  É amava mesmo...

Vovô: E reforço com você, nesta vida temos sim que fazer boas obras, trabalhar, cuidar da nossa família como eu fiz e seu pai e sua mãe fazem também, ter uma profissão e respeito é importante, mas Jesus não olha isso para nos dar seu amor... Ele não diferencia as pessoas, ama todos...

Personagem A:  O rico e o pobre... e todas as profissões são importantes né... imagina se não tivesse o lixeiro?

Vovô: É sim, muito importante mesmo... O que importa mesmo para Jesus é um coração humilde e agradecido e verdadeiramente preocupado com o irmão... O Centurião foi um bom exemplo...mesmo na sua riqueza e poder reconheceu que não tem ninguém mais poderoso que Jesus!

Personagem A:  Verdade! Obrigada, vovô... eu adorei nossa conversa... aprendi muito, muito!

Sugestão de Música

Eu Creio! Além de uma musiquinha linda é uma oração poderosa! Quem canta reza 2 vezes!


Ideia para trabalhar esse Evangelho

A historinha do evangelho de hoje é muito rica! Dela podemos tirar importantes mensagens:

  • Deus ama a todos sem distinção de pessoas
  • A humildade deve sempre estar a frente da nossa relação com Deus, Ele conhece nosso coração
  • A Fé é o combustível da nossa vida

E muito mais...

Veja que legal esta ideia da Tia Ale Blog Tia Ale excelentes ideias e reflexões sobre este tema.
Aqui ela fez os bonequinhos da historinha de sucata, que tal fazer para a sua turminha? Eles vão gostar muito de reproduzir para a família e amiguinhos. No Blog dela tem o passo a passo.


E esta aqui é uma boa ideia para fixar no coração dos pequenos que Deus ama a todos nós.




Oração

A oração é a nossa conversa com Deus. É fato que o exercício da nossa fé se dá através dela, é assim que podemos nos fortalecer e é com esta intimidade que nos sentimos verdadeiramente abrigados no coração de Deus.

Estimule que as crianças sintam esta necessidade no coração a cada encontrinho, a cada Santa Missa e cada dia.

E faça este um exercício para o seu dia a dia.



Esta é uma tirinha divertida que nos fala disto também:


E aqui a roda da oração que está disponível no Catequese Kids

Uma boa maneira de ensinar a criançada a praticar. É dificil para nós ter foco em um momento de oração, imagine para eles... muito mais!

Esta roda vai ajuda como um passo a passo. Mas não esqueçam de mencionar que a melhor oração brota do coração e que toda hora é hora de conversar com Deus!







Nenhum comentário:

Postar um comentário