Quem somos?

Minha foto
Somos um Ministério de Evangelização de Crianças da Diocese de São José dos Campos desde 1999. Utilizamos como recurso de evangelização o teatro. Também organizamos formações para evangelizadores e catequistas. Estamos sempre a disposição! Precisando é só mandar um mail para cantinhodanjos@gmail.com Vamos levar nossas crianças para Jesus!!

sábado, 17 de março de 2018

Evangelho de João 20, 1-9


Missa 01 de abril de 2018



DOMINGO DE PÁSCOA 


Leituras
Primeira Leitura At 10, 34a. 37-43
Salmo 117 / 118
Segunda Leitura Cl 3, 1-4 
Evangelho Jo 20, 1-9

Mensagem Principal

A liturgia deste domingo celebra a ressurreição e garante-nos que a vida em plenitude resulta de uma existência feita dom e serviço em favor dos irmãos. A ressurreição de Cristo é o exemplo concreto que confirma tudo isto.
A primeira leitura apresenta o exemplo de Cristo que “passou pelo mundo fazendo o bem” e que, por amor, se deu até à morte; por isso, Deus ressuscitou-O. Os discípulos, testemunhas desta dinâmica, devem anunciar este “caminho” a todos os homens.
O Evangelho coloca-nos diante de duas atitudes face à ressurreição: a do discípulo obstinado, que se recusa a aceitá-la porque, na sua lógica, o amor total e a doação da vida não podem, nunca, ser geradores de vida nova; e a do discípulo ideal, que ama Jesus e que, por isso, entende o seu caminho e a sua proposta (a esse não o escandaliza nem o espanta que da cruz tenha nascido a vida plena, a vida verdadeira).

A segunda leitura convida os cristãos, revestidos de Cristo pelo batismo, a continuarem a sua caminhada de vida nova, até à transformação plena (que acontecerá quando, pela morte, tivermos ultrapassado a última barreira da nossa finitude). (Fonte: http://www.dehonianos.org)


Para ajudar a refletir e entender o evangelho de hoje:

Preparem-se... estamos preparando o alimento espiritual para os preferidos de Jesus: as crianças!





Ideia de roteiro para teatro


PB: Oi PA tudo bem?

PA: Oi PB! Que alegria é essa?

PB: Estou feliz porque hoje é Páscoa! 

PA: Ah é! Nossa não me lembrei pois nem vi minha mãe comprando chocolate! Você pelo jeito ganhou um monte! Está tão contente!

PB: Não estou feliz pelo chocolate não PA! Você não foi ainda à missa?

PA: Fui sim, mas o  que tem a missa com a páscoa? 

PB: O evangelho de hoje fala sobre a ressurreição de Jesus. É a Páscoa! A passagem para uma vida nova!

PA: Ah entendi! Mas o evangelho de hoje me deixou com muitas dúvidas! Porque os discípulos saíram correndo para ir ao túmulo de Jesus? Porque um não entrou? Porque...

Catequista: Olá crianças!

PA e PB: Oi catequista!

Catequista: Ouvi vocês falando sobre a Páscoa quando eu estava chegando! E vi que PA está com muitas dúvidas!  Vou explicar um pouquinho pra vocês! Maria Madalena foi bem cedinho visitar o túmulo de Jesus! E vendo que a pedra não estava mais lá, saiu correndo e foi chamar os discípulos. Ao correm até o túmulo, o discípulo amado parou e Pedro entrou. 

PA: Não entendo porque ele não entrou!

Catequista: Porque ele viu e acreditou! Ele estava com o coração sintonizado com o coração de Jesus! Então viu e acreditou! Porém Pedro ainda não compreendia muito bem e estava triste pensando que tudo o que viveram tinha sido em vão já que Jesus havia morrido!

PB: Mas depois de entrar no túmulo e não ver o corpo de Jesus lá ele acreditou né catequista!

Catequista: Acreditou sim, mas não basta só isso! A ressurreição de Jesus vem trazer vida nova e precisamos viver o novo que vem de Deus.

PA: Que novo?

Catequista: Com a ressurreição de Jesus, nem mesmo a morte tem mais poder. Estamos livres para viver e nos doar levando à todos a alegria da ressurreição.

PB: Eu quero uma vida nova com Jesus!

PA: Eu também!

Catequista: Então precisamos estar sempre pensando nas coisas do alto. Em tudo o que Jesus nos ensina com seu exemplo. Foi preciso passar por toda dor, todo sofrimento e ser perseverante para só então ressuscitar e ficar na presença de Deus pai.

PA: Agora que entendi melhor, também vou levar aos amigos a alegria da ressurreição que nem o PB me mostrou.

Catequista: isso mesmo crianças! Temos que ser sinal de Deus nesse mundo e usar a liberdade de filhos de Deus.


PB: Vamos então fazer uma oração com o coração alegre porque Jesus está conosco todos os dias mostrando esse amor infinito e nos ensinando como devemos caminhar.


Sugestão de Música






Ideia para trabalhar esse Evangelho

Fonte:
http://www.jardimdaboanova.com.br/2014/04/dinamica-arvore-da-ressurreicao.html?m=1


Dinâmica "A árvore da ressurreição"

 
Através desta dinâmica podemos refletir com nossos catequizandos sobre o grande amor de Deus por nós. Tão grande amor que foi capaz de dar seu único filho para nos libertar do pecado e nos dar nova vida.

Para realizar essa dinâmica, você deve preparar duas árvores, sendo uma bem bonita e colorida, com flores, folhas ... e a outra, desenha só o contorno da primeira, em uma cartolina ou folha de papel madeira, escrevendo, em cima, o nome “Árvore da ressurreição”.

A árvore colorida você recorta em vários pedaços, para montar um quebra-cabeças.

No momento da dinâmica, você coloca o desenho (contorno) da árvore no chão e distribui os pedaços da outra para que os catequizandos tentem montar a árvore em cima do contorno. 

Quando a turma conseguir montar a árvore, você faz uma breve reflexão, falando que aquela é a árvore da ressurreição. Nós, quando não seguimos os ensinamentos de Jesus, somos como a primeira árvore, vazios e sem vida. Na Páscoa, Jesus morreu para nos libertar do pecado e ressuscitou para nos dar nova vida, deixando a nossa vida linda como essa nova árvore, mas para que Jesus transforme a sua vida (árvore), você tem que fazer a sua parte.

Você pode perguntar: O que eles sentiram ao montar a árvore, foi difícil juntar os pedaços? E depois que montaram, ela ficou bonita? Agora, o que devemos fazer para cultivar a nossa árvore assim, bonita e cheia de vida? 

Para concluir, você faz vários frutos e entrega para cada um escrever seu nome e colocar sobre a árvore, assumindo o compromisso de ser um bom fruto e cuidar bem da sua árvore (vida nova).

Enfatizar que, quando a árvore é bem cuidada, ela vai dar bons frutos, e nós somos os frutos dessa árvore, mas depende de nós ser um bom fruto e gerar novas árvores. Quando a árvore não é boa, ela não vai dar bons frutos e não vai agradar o coração de Deus.

Vamos ver o que acontece quando uma árvore não é boa? Neste momento, o catequista lê a seguinte passagem do evangelho: Mt 7,16-21.

Ao final, o catequista pode colocar a árvore na parede para que, sempre que eles olharem para ela, lembrem-se do compromisso que fizeram com Jesus, de ser um bom fruto e manter a sua árvore sempre linda.



Oração

Senhor Jesus, eu Te louvo e Te agradeço por ter dado Sua vida por mim! 

Que o Senhor, que deixou o sepulcro vazio, preencha meu coração para que eu seja testemunho vivo do Seu amor por nós e o leve a todos.

Amém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário